Íctio: doença contagiosa comum em peixes ornamentais

As duas doenças contagiosas mais comuns são o íctio e o veludo, um peixe atacado por estas doenças, transmite para todos os outros do aquário ou tanque

Íctio: doença contagiosa comum em peixes ornamentais

O íctio é a doença causada por protozoários que mais frequentemente é observada nos criatórios de peixes ornamentais.

O peixe contaminado apresenta pontos brancos que na realidade são as feridas provocadas pelos parasitas, aparecem mais visíveis nas nadadeiras, quando não tratadas passa para todo o corpo, podendo matar o peixe; nesta fase, o parasita já produziu esporos (ovos) e contaminou vários outros peixes.

É preciso ter cuidado, pois o parasita que está no peixe é levado a outros tanques, independente de ir com água.


Em geral, animais bem nutridos, sem ferimentos e em temperatura acima de 20°C, são mais resistentes.

Para combatê-los, eleve a temperatura do aquário ou tanque, pois isto fará com que os cistos se desenvolvam mais rapidamente e saiam do peixe para o fundo do aquário para se reproduzirem, neste momento trate com o remédio clássico para esta doença que é o azul de metileno e o verde malaquita, eles serão eliminados.

Nos aquários ou em caixas pequenas (até 1.000 L) o tratamento é barato e eficaz, em tanques ou caixas maiores, deve-se suspender a alimentação e aumentar a circulação da água para que o peixe tenha mais chance de combater a doença.

Ao utilizar o remédio, observe a bula e siga as orientações do fabricante, pois este produto pode prejudicar as plantas no aquário ou tanque.

 

Gostou da matéria? Quer saber mais sobre o Curso CPT? Assista ao vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos CPT da área Piscicultura.
Por Daniela Guimarães.

Daniela Aparecida Guimarães Lopes 28-06-2023

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.